[ editar artigo]

Quando oferecer ovo ao bebê e quais os benefícios?

Quando oferecer ovo ao bebê e quais os benefícios?

Se não todas, a maioria de nós mães já nos fizemos está pergunta: quando posso oferecer ovo ao meu bebê?

Bom, vamos lá! Um ovo contém 13 vitaminas essenciais e proteínas de alta qualidade. Não é de admirar, é um alimento super nutritivo e delicioso também!

Mas os bebês podem comer ovos? Descubra agora!

Benefícios do ovo para bebês

 

Ovo contém colesterol, proteínas, gordura e outros nutrientes, como ferro, zinco, cobre, cálcio, ácidos graxos, vitaminas D, B12, e vitamina E.

Esses nutrientes auxiliam no desenvolvimento geral do cérebro e dos órgãos de uma criança. Além disso os ovos tem a segunda proteína de maior qualidade encontrada em qualquer alimento.

Aqui está como os ovos podem beneficiar seu bebê de mais de uma maneira:

  • Digestão e imunidade;
  • Desenvolvimento do cérebro;
  • Desenvolvimento ósseo e energia;
  • Saúde do coração;
  • Saúde ocular;
  • Função hepática.

Mas, quando oferecer ovo ao bebê?

Há um certo tempo, havia uma crença comum de que alimentar o bebê com ovos antes de um ano de idade causaria alergia ao ovo. Mas as pesquisas sugerem o contrário: oferecer ovos ao bebê aos 6 meses de idade pode na verdade diminuir o risco de desenvolver uma alergia.

Os pais podem introduzir ovos na dieta do bebê normalmente entre 6 e 8 meses, como a pediatra da Califórnia, Tanya Altmann, sugere em seu livro What to Feed Your Baby.

O ovo é uma excelente fonte de proteína contendo ferro e, portanto, um alimento incrível para dar ao bebê, já que os estoques de ferro começam a diminuir após os seis meses de idade. Portanto, certifique-se de cozinhar bem o ovo para matar as bactérias nocivas.

Você também pode dar ao bebê alimentos que contenham ovo cozido, mas não ofereça produtos que contenham ovos crus (mousses, sorvete caseiro e maionese caseira).

Como selecionar ovos?

É importante selecionar bem o ovo para reduzir o risco de bactérias salmonelas que causam intoxicação alimentar.

Os ovos não orgânicos são perfeitamente seguros para consumo, mas muitos preferem ovos orgânicos para evitar a contaminação química. Não há diferença entre ovos brancos e marrons em termos de nutrição, sabor ou qualidade.

Depois de comprar ovos frescos, seu bebê não pode consumi-los todos em um dia! Portanto, você precisa armazená-los adequadamente para mantê-los adequados pelo maior tempo possível.

Ovos x Alergia

Um pequeno número de bebês é alérgico a ovo, mas cerca de metade desses bebês melhoram da alergia quando completam 3 anos de idade.

Para saber se seu bebê é alérgico a ovo, quando for inserir ovos pela primeira vez dê separadamente de outros alimentos que podem causar alergias, como manteiga de amendoim, leite entre outros. Dessa forma, você será capaz de observar se o ovo causou alguma reação.

Se o seu bebê tiver uma alergia ao ovo, ele terá uma reação física logo após comê-lo. Ele poderá ter:

  • Comichão ou corrimento nasal;
  • Dor de garganta;
  • Olhos lacrimejante;
  • Erupções cutâneas;
  • Inchaço.

Portanto, se você acha que seu bebê pode ter uma alergia ao ovo, consulte seu médico e peça para realizar um teste simples para ver se seu bebê é alérgico a ovo.

Em resumo, o ovo é um bom complemento para a dieta do seu bebê, desde que ele não seja alérgico a ele.

Por fim, lembre-se de sempre consultar seu pediatra ou uma nutricionista infantil sobre a introdução de alimentos sólidos para o seu bebê e, especificamente, discutir quaisquer alimentos que possam representar risco de alergia para o seu filho.

Agora você já sabe quando oferecer ovo ao bebê e os benefícios que vem junto.

E então, você tem alguma dica de como inserir o ovo na alimentação do bebê?

Deixe nos comentários!

Comunidade Materna
Comunidade Materna
Comunidade Materna Seguir

Redação Comunidade Materna

Ler conteúdo completo
Indicados para você