[ editar artigo]

Infecção Urinária na Gravidez

Infecção Urinária na Gravidez

Você já ouviu falar dos perigos da infecção urinária e de como precisamos nos cuidar no dia a dia? Durante a gravidez é preciso ter ainda mais cuidado. Você sabe o que é a infecção urinária? Sabe como evitá-la? A infecção urinária pode ser perigosa durante a gestação? Vamos conversar e entender um pouquinho!

A Infecção Urinária

A infecção no trato urinário é uma doença infecciosa, ou seja, causada por um patógeno (organismos que são capazes de causar doenças). Muito comum em mulheres, os seus sintomas podem incluir ardência ao urinar, incontinência urinária e dores pélvicas. Ela também é conhecida como cistite quando esta localizada na bexiga, uretrite quando atinge a uretra ou pielonefrite quando chega aos rins, sendo esse um estado mais grave de infecção, podendo causar febre alta, calafrios e dor lombar.

Causas da infecção urinária

Uma das principais causas da infecção urinária é propriamente a anatomia feminina, devido às bactérias localizadas entre o ânus e a vagina, estes patógenos são chamados por alguns profissionais de “oportunistas”, pois quando a mulher não ingere líquidos o suficiente para urinar diversas vezes no decorrer do dia, limpando o canal da uretra, a bactéria “aproveita a oportunidade” para subir pelo canal da uretra, migrando para a bexiga ou rins como citado anteriormente.

LEIA MAIS - Infecção urinária na gravidez

O mesmo acontece na relação sexual, outra causa comum da infecção, pois o pênis pode carregar as bactérias para perto do canal urinário. Outras causas da infecção urinária também podem ser: uma predisposição à doença, genética (de mãe para filha), menopausa e uso de fraldas geriátricas.

Infecção urinária durante a gestação

Segundo o Ministério da Saúde, a infecção urinária na gravidez acontece com 17% a 20% das gestantes, sendo portanto considerada relativamente comum, entre as causas prováveis estão a baixa imunidade, as mudanças hormonais e a maior concentração de glicose na urina que ocorrem durante a gestação.

Sua maior preocupação como mamãe, deve ser a de tratar imediatamente quando aparecerem os sintomas, pois os riscos da infecção para a gestação aparecem devido ao não tratamento ou tratamento inadequado da infecção urinária. O Médico solicitará o exame de urina para identificar que tipo de bactéria está causando a infecção e determinar o tratamento correto. Assim seus problemas acabam!

Entenda também que algumas infecções são assintomáticas, por isso é tão importante o seu pré-natal, pois através dos exames e do acompanhamento médico as bactérias assintomáticas são identificadas e podem ser eliminadas através de um tratamento adequado e seguro para seu bebê.

Os riscos da infecção urinária na gravidez

Um dos riscos do não tratamento de uma infecção urinária para a gestação é o da infecção chegar aos rins, provocando até mesmo um aborto. Isso acontece devido ao não diagnóstico, normalmente em casos onde não é feito o pré-natal. Também pode ocorrer a ruptura prematura da bolsa ou um parto prematuro por causa das toxinas liberadas pelas bactérias no organismo (elas provocam contrações no útero, levando ao trabalho de parto antes da hora).

LEIA MAIS - Diabetes Gestacional

Para o bebê as consequências podem ser o baixo peso (devido a restrição da chegada de nutrientes para o bebê por causa das bactérias), e a infecção neonatal (Ao passar pelo canal da vagina o bebê pode ser contaminado pelas bactérias da mãe).

Outra triste consequência da infecção urinária na gravidez, é a infecção generalizada na mãe (sepse materna) causando sérias complicações no pós parto.

5 Cuidados para evitar a Infecção urinária na gravidez

Algumas dicas importantes já foram mencionadas anteriormente, mas vale relembrar!

1- Valorize seu pré natal, faça corretamente seu acompanhamento.

2- Muito líquido, é essencial se hidratar, priorize a água, mas os sucos naturais também são bem vindos.

3- Pode ser chato ir ao banheiro todo o tempo, mas não segure o xixi. E ao realizar sua higiene íntima, passe sempre o papel higiênico ou lencinho de frente para trás.

4- Realize os exames de rotina e tome corretamente os antibióticos quando receitados.

5- Fale com seu médico se sentir algum dos sintomas de infecção urinária.

Comunidade Materna
Comunidade Materna
Comunidade Materna Seguir

Redação Comunidade Materna

Ler conteúdo completo
Indicados para você