[ editar artigo]

Alfabetização, quando meu filho vai aprender a ler?

Alfabetização, quando meu filho vai aprender a ler?

Podemos dizer que a linguagem falada é algo naturalmente desenvolvido em praticamente todas as sociedades, desde a antiguidade, já a linguagem escrita, é uma conquista cultural. É considerada alfabetizada, a criança que tem o domínio da leitura e da escrita.

Através da linguagem escrita as línguas podem ser preservadas e até mesmo a diferença entre língua morta e língua extinta se dá exatamente pelo fato de uma língua morta além de não ser mais falada por ninguém, ainda não possuir vestígios de sua existência, muitas vezes não existe uma gramática por exemplo, ou seja, ninguém a escreve nem lê!

Essa no caso seria a importância mais geral da alfabetização, mas na vida de uma criança sabemos o quanto ela é importante para o avanço no aprendizado por exemplo. Por vezes isso gera uma ansiedade nos pais, em especial quando acompanham casos de pequenos prodígios que começam a ler muito cedo. Mas o que é “normal” em relação à alfabetização? Quando a criança deve aprender a ler? Quando devemos nos preocupar e investigar se nossa criança tem alguma dificuldade? Que tipos de dificuldades existem que podem atrasar a alfabetização?

Qual a idade “certa” para a alfabetização?

É difícil apontar o que é certo ou errado, mas pedagogicamente podemos dizer que a idade mais propícia para a alfabetização seria entre os seis e sete anos. Atente para o fato de que o ritmo de cada criança é diferente e o processo todo pode durar em média dois anos.

Identificando dificuldades antes da idade da alfabetização

Você poderá identificar entre os 3 e 4 anos alguns “sintomas” de dificuldade de aprendizagem como por exemplo a maneira como seu filho fala e ouve, a dificuldade do seu filho de reconhecer letras do alfabeto e a maneira como seu filho cria sons para formar palavras. Não quer dizer que dificuldades com palavras nessa faixa etária sejam necessariamente um sinal de que a criança terá dificuldades na alfabetização, mas você pode investigar e, sendo assim, prevenir.

Como estimular meu filho na alfabetização?

Existem vários fatores que podem contribuir no processo de alfabetização, como por exemplo a criança ter uma boa autoestima e se sentir segura. Mas também existem coisas que podemos fazer em casa para ajudá-los no processo, além de acompanhar seu aprendizado participando de reuniões na escola e ajudando na lição de casa.

Ler para uma criança desde pequena vai estimular suas habilidades cognitivas e até mesmo emocionais e sociais, pois aumentam o conhecimento da criança sobre o mundo ao seu redor, é comprovado cientificamente por um estudo realizado na Austrália que crianças que liam com os pais tinham uma maior habilidade em testes de lógica e compreensão de textos.

Leia também: Dislexia na infância

Conversar com a criança e falar as palavras corretamente quando conversa, por exemplo, são pontos positivos, isso ajuda ela na linguagem, pensamento e inteligência. Incentivar o hábito de ler e brincar com jogos educativos também são estímulos saudáveis e a família toda pode participar.

Existem dificuldades como Déficit de Atenção e Dislexia que também podem prejudicar uma criança no processo de alfabetização, mas, se for o caso de seu filho, não se desespere, existe acompanhamento específico, um profissional irá auxiliar você e sua criança nessa jornada e essa conquista importante vai acontecer, mesmo que num ritmo um pouco mais lento, mas anime-se! As crianças sempre nos surpreendem e quem sabe o que o futuro reserva para seus pequenos!!!

 

Comunidade Materna
Comunidade Materna
Comunidade Materna Seguir

Redação Comunidade Materna

Ler conteúdo completo
Indicados para você