[ editar artigo]

32 semanas de gravidez

32 semanas de gravidez

Com 32 semanas de gravidez, o feto repousa sobre o útero - não mais flutua. Os olhos se abrem na fase alerta e se fecham durante o sono. A cor dos olhos é geralmente azul, embora a pigmentação permanente ainda não esteja totalmente desenvolvida. A formação final da pigmentação dos olhos (a cor dos olhos) requer exposição à luz e usualmente acontece poucas semanas após o nascimento. O feto começa a desenvolver seu próprio sistema imunológico. As unhas dos dedos das mãos ultrapassam as pontas e o feto pode se arranhar. Os cabelos continuam a crescer. O bebê está próximo dos 2 quilos de peso e os cinco sentidos estão funcionando. Mede cerca de 38-39 cm dos pés à cabeça. O tecido gorduroso mais claro (menos vascularizado) deposita-se embaixo da pele dando uma aparência mais clara ao feto.

Múltiplos: Nessa fase os bebês iniciam um ganho de peso um pouco mais lento que os fetos únicos. Eles já estão bem mais apertados dentro do útero.

 

  Alterações no seu corpo 

Você está indo ao médico a cada 1 ou 2 semanas agora. Seu útero está cerca de 15 cm acima do umbigo e está empurrando o estômago para cima, causando azia e empachamento após as refeições. Empurra também o diafragma e os pulmões, causando falta de ar. Começa também a pressionar o reto, causando constipação (intestino preso). Beba bastante líquido e coma boa quantidade de fibras, para aliviar a constipação. Faça uma alimentação fracionada (pequenas refeições com maior frequência) para aliviar a azia e indigestão.

Múltiplos: Seus quadris estão se alargando e os ligamentos pélvicos se esticando. As contrações de "Braxton Hicks" estão mais frequentes e fortes. Nessa fase o tamanho do seu útero é igual ao de uma gestante de 40 semanas, gerando um só feto.

Amamentando seu bebê: Metade das crianças nascidas atualmente recebem aleitamento artificial. O que você fará? 

Para algumas mães, isso é uma decisão simples; para outras, muito difícil. E pode ser que você mude de ideia assim que o bebê nascer. A melhor coisa a fazer agora é aprender sobre ambas as maneiras de amamentar. Faça uma pesquisa sobre o assunto. Tire opinião com pessoas que já passaram por ambas experiências. Leia a respeito da importância do leite materno, mas não se culpe por não conseguir amamentar no peito.

E o papai?

A decisão de como amamentar o bebê está mais com a mãe. Entretanto, é muito importante para o pai apoiar o método escolhido. Discuta seus sentimentos com a mãe e aprendam juntos os prós e contras. Então, dê apoio integral à decisão final.

Comunidade Materna
Comunidade Materna
Comunidade Materna Seguir

Redação Comunidade Materna

Ler conteúdo completo
Indicados para você